Cartão de Crédito

Onde ir nas férias de julho gastando pouco?

onde ir nas férias de julho

Você é daquelas pessoas que não conseguem nem pensar em tirar férias sem viajar para algum lugar? Mas com o dólar nas alturas e a recessão que não acaba, fica difícil fazer aquela viagem dos sonhos sem estourar o orçamento e se endividar, principalmente nas férias de julho. Veja a seguir nossas dicas de como viajar nesta época sem gastar além da conta!

A regra de ouro para viajar gastando menos é viajar fora de temporada. Mas nem sempre essa é uma opção. Depende da política de férias da empresa, da escola dos filhos, e assim muita gente acaba tendo que tirar férias junto com todo mundo em alta temporada.

Especialmente em julho, que é alta temporada no mundo inteiro, muitas vezes não há como escapar de pagar um pouco mais caro. No entanto, isso não quer dizer que não seja possível economizar. Abaixo, a gente preparou algumas dicas de como viajar nas férias de julho sem gastar muito. Confira!

Escolha o destino suitable para suas férias de julho

O primeiro passo para conseguir planejar as férias de julho sem gastar mais do que pode é decidir para onde quer ir — de preferência com alguma antecedência, para dar tempo de pesquisar e encontrar preços mais em conta.

Embora com planejamento tudo seja possível, alguns orçamentos são mais possíveis que outros, e é preciso ser realista na hora de escolher o destino.

Se a proposta é simplesmente relaxar um pouco e sair da rotina, uma boa opção é ir para uma pousada. O Brasil oferece muitas opções de atrações para todos os gostos. E olha que não precisa ir muito longe. Brotas, no interior de São Paulo,  por exemplo, oferece uma variedade de passeios e atividades, onde é possível ter mais contato com a natureza e praticar esportes. Também, há outros destinos não tão conhecidos para ser explorados. A cidade de Cambará do Sul, no Rio Grande do Sul, por exemplo, é um passeio muito indicado para quem quer curtir um friozinho sem ter que cruzar a fronteira.

Mas se a ideia é fazer uma viagem internacional, países vizinhos — como o Chile, Argentina, Uruguai, Colômbia— podem ser uma excelente opção de passeio com um câmbio mais favorável à nossa moeda.

Opções mais em conta não faltam, é só uma questão de pesquisar qual é a mais adequada para o tipo de experiência que você procura para suas férias de julho — e para o seu orçamento, claro.

Pesquise muito

Além de escolher um destino mais em conta, fazer o dever de casa e pesquisar tudo o que precisa saber sobre o local escolhido é a melhor forma de encontrar descontos, promoções e passeios mais econômicos.

Procure opiniões de quem já foi para o mesmo lugar, decida quais passeios quer fazer, defina prioridades e já monte pelo menos um esboço de roteiro para saber exatamente o quanto tudo vai custar.

Depois de determinar o quanto espera gastar na viagem, pode partir para o próximo passo que é: como pagar por isso?

Planeje o seu orçamento

Voltar para casa cheio de dívidas não é uma opção aqui. As férias de julho são um momento para descansar e relaxar. Por isso, procure planejar antes para não continuar pagando pela viagem muito tempo depois de já ter voltado.

Depois de decidir o seu destino e pesquisar bem o quanto vai custar a viagem, reveja suas finanças. Saiba exatamente o quanto tem disponível para gastar e se planeje para cobrir o que falta, seja economizando e cortando gastos ou arrumando alguma fonte additional de renda.

O importante é já ter todo o custo da viagem na ponta do lápis, para curtir suas férias de julho sem preocupações e sem surpresas desagradáveis no remaining.

Seguiu todos esses passos e ainda assim a conta não fechou? Veja aqui como conseguir um crédito pessoal para não deixar de viajar nas suas próximas férias.

Adicionar comentário

Clique aqui para postar um comentário

seventeen − eight =